Cacto de peiote alucinatório capturado no portão da alfândega de Esendere

Cacto de peiote alucinatório capturado no portão da alfândega de Esendere
Cacto de peiote alucinatório capturado no portão da alfândega de Esendere

Na operação realizada na Porta da Alfândega de Esendere, no Irã, foram apreendidos 113 quilos de "cacto peiote", que causou alucinações devido ao composto "mescalina" encontrado naturalmente nele.


Esendere do Portão da Alfândega durante uma liberação alfandegária de rotina de um motorista de caminhão entrando na Turquia em exibição de comportamento suspeito foi direcionado para a varredura de raio-x do veículo.

O motorista que queria descarregar alguns pacotes do veículo antes da digitalização foi bloqueado. As caixas, nas quais a densidade suspeita foi detectada na radiografia e o cão detector de entorpecentes reagiu, foram abertas.

Embora tenha sido determinado que havia 113 plantas com 1530 quilos nas caixas, foi determinado que essas plantas eram o "cacto peiote", que foi cultivado na América do Sul e causou alucinações devido ao composto "mescalina" encontrado naturalmente.

O alerta de drogas foi detectado na análise da amostra obtida nas plantas com o dispositivo de teste.

Enquanto o veículo era apreendido, o motorista foi detido.



bate-papo

Seja o primeiro a comentar

Yorumlar