Direção Geral de Segurança Costeira vai recrutar 1 ex-trabalhador condenado

Direção Geral de Segurança Costeira
Direção Geral de Segurança Costeira

A Direção Geral de Segurança Costeira terá 1 trabalhador. O prazo de inscrição foi anunciado até 14 de maio de 2022.

No comunicado feito pela Direção Geral de Segurança Costeira no Diário da República, “será recrutado o estatuto de trabalhador permanente de 1 pessoa na quota de ex-condenado/tminha”. Foi dito.

As inscrições para os anúncios serão feitas através da Agência de Emprego da Turquia. Os anúncios serão publicados no endereço da Internet da Agência de Emprego da Turquia, esube.iskur.gov.tr/Istihdam/AcikIsIlanAra.aspx.

As candidaturas dos candidatos que não reúnam as condições de candidatura anunciadas nas listas de candidatos enviadas à instituição serão consideradas inválidas. As inscrições podem ser feitas no site da Agência de Emprego da Turquia ou visitando os Centros de Serviço da Agência de Emprego da Turquia durante o processo de inscrição. O local, hora e data do exame/entrevista oral serão anunciados separadamente pela Agência de Emprego da Turquia após as listas finais são recebidas.

Para detalhes do anúncio CLIQUE AQUI

Tópicos do exame e pontuação para a equipe de escritório (oficial):

  • Constituição da Turquia (20 pontos)
  • Princípios de Ataturk e História da Revolução (20 Pontos)
  • Tarefas do Ministério dos Transportes e Infraestruturas e Direcção-Geral da Segurança Costeira (20 pontos)
  • Lei do Trabalho nº 4857 (20 Pontos)

É feito de um total de 20 pontos, incluindo Cultura Geral (100 Pontos). Para ser considerado aprovado no exame, a média aritmética das notas atribuídas pelos membros da banca examinadora deve ser de pelo menos 60. A pontuação de sucesso dos candidatos como base para a atribuição; Ela será determinada pela média aritmética da nota do exame oral feita pela instituição e a nota do KPSS e será divulgada no site da instituição. Se os pontos de sucesso dos candidatos forem os mesmos da base para a nomeação, será dada prioridade àquele com a pontuação KPSS mais alta. Para serem considerados aprovados no exame para todos os candidatos que não exigem KPSS, a média aritmética das notas atribuídas pelos membros da banca no exame oral deve ser de pelo menos 60. Para estes candidatos, o resultado da prova oral (entrevista) constitui a nota de sucesso que serve de base à nomeação. A partir da maior pontuação de sucesso, será determinado o número de candidatos principais a serem nomeados e os candidatos suplentes, bem como o número de candidatos originais. As listas de candidatos titulares e suplentes serão divulgadas no site da instituição e não será feita qualquer notificação escrita aos candidatos incluídos na lista.

Anúncios semelhantes

Seja o primeiro a comentar

Yorumlar